A chácara da ASPMA começou com uma infraestrutura pequena e precária, mas que mesmo assim permitia momentos de confraternização. Confira em seguida, através de fotos, a evolução da chácara ao longo dos anos. Em dias de chuva, era praticamente impossível transitar tanto na rua de acesso como nas dependências da chácara. Como pode-se observar na foto 01, em meia hora de chuva, o acesso ficou desta forma, dificultando o trânsito das pessoas no interior da sede campestre. Percebe-se o completo abandono, o que fez com que a atual diretoria reestruturasse a entrada da chácara. Infelizmente, esse estado de total abandono foi alcançado devido a nenhum investimento estrutural na sede campestre. Foram realizadas obras e benfeitorias no local, que hoje deu vida nova, inclusive para a região do Jardim Tupi.

Outro fator que impedia as pessoas de utilizarem o espaço tranquilamente era a falta de local adequado para fazer um churrasco.

As confraternizações passaram por dificuldades e improviso. Pensando na comodidade e bem-estar dos associados, foi feita uma ampliação da antiga churrasqueira ao ar livre. Essa ampliação é o atual salão laranja, que recebeu 2 reformas nos últimos anos. A primeira reforma se deu em 2004, comportando a partir de então 100 pessoas. A segunda ocorreu em 2009, aumentando o espaço em 85m² e a capacidade no número de pessoas.

SALÃO 1

O antigo Salão Verde é um ambiente mobiliado para 138 pessoas, com um palco para facilitar a exposição de bandas e instrumentos musicais e apresentações diversas, com pé direito de 4 metros, o que permite inovar na decoração. Conta com um ambiente totalmente fechado, cozinha com fogão industrial e freezer. Possui banheiros feminino e masculino na parte interna. A locação deste ambiente se dá bastante para casamentos, festividades de 15 anos, para grupos de comunidades evangélicas indicadas e reservadas pelos próprios associados, que consideram o espaço um bom local para a prática da oração, entre outras festas. Devido à qualidade do ambiente, tem sido difícil organizar o grande número de reservas. Atualmente, para aniversários e confraternizações as reservas são feitas sempre 60 dias de antecedência, e para casamentos e festas de 15 anos, com 6 meses de antecedência. Venha conhecer o Salão Verde e sinta-se à vontade para agendar sua festa ou confraternização. 

 

SALÃO 2

O antigo Salão Laranja, tão conhecido dos associados, começou a ser construído com a demolição da antiga churrasqueira que existia naquele local até 2004. A nova construção inclusive aproveitou as árvores existentes, de forma a não remover nenhuma delas. Inicialmente o salão teria laterais abertas, porém, para a proteção contra intempéries e contra mosquitos e pernilongos, principalmente durante o verão, decidiu-se, além de ampliar o espaço em mais 90m², pela colocação de vidros em todo o perímetro da construção. Com o alto índice de frequentadores e de locações para festas e eventos, adquiriu-se 30 conjuntos de mesas e cadeiras de plástico, em substituição às antigas mesas e bancos de madeira. Ao mesmo tempo, houve a construção de 15 mesas e bancos de concreto ao redor do salão, principalmente para um conforto maior durante o verão, para que os frequentadores possam se entreter mais à vontade. A diretoria da ASPMA está ciente das reclamações com relação ao custo cobrado para utilização do salão. Há que se ressaltar que o custo se baseia não pelo tempo que o servidor é sócio da ASPMA, e sim pela destinação e tempo de utilização do espaço. Para justificar o atual custo para utilização do espaço, há que se levar em consideração que há custos para a manutenção do ambiente. Um caseiro é pago pela ASPMA para a guarda da chácara. A associação paga, além das contas de água, luz e telefone, também os materiais de limpeza, combustível para o corte de grama, tinta para a pintura das árvores e o esvaziamento e limpeza das fossas de cada salão, que ao contrário do que muitos pensam, não tem seus dejetos lançados diretamente no Rio Iguaçu.

A ASPMA construiu o ambiente para você associado, pensando em seu lazer, para encontros entre familiares e amigos. Sabe-se que algumas pessoas não utilizam adequadamente o local, muitas vezes sublocando o local para terceiros e danificando o ambiente. Pede-se apenas para quem utilizar o local, que tenha zelo com os equipamentos, como fogão industrial, freezer, espeto e grelhas para churrasco, janelas e louças, entre outros, tendo em vista que o equipamento lá presente é para servir a todos, e que eventuais danos apenas irão trazer prejuízo, e em algum momento poderão incidir no custo para a locação do espaço. Sendo o local tranquilo e confortável para os momentos de confraternização e lazer do associado, dentro do perímetro urbano de Araucária, a ASPMA deseja que todos curtam a chácara da melhor maneira possível.

 

CAMPO DE FUTEBOL

                                                     

Construído no ano de 1997, o campo de Futebol ficou parado por muito tempo pela falta de vontade de realização de eventos esportivos sobre seu gramado. Miguel Nunes, atual presidente da ASPMA, afirma: “Lembro como se fosse hoje, quando realizei sobre este gramado o primeiro campeonato de futebol sob minha responsabilidade”. Oito equipes formaram o primeiro campeonato, sendo 4 de servidores da prefeitura e outras 4 de convidados. As equipes da prefeitura foram apenas os Motoristas, Saúde, Obras e Guardas, sendo que as equipes convidadas foram a ROB, Malas, São Francisco e Corpo de Bombeiros. O campeonato foi realizado por dois anos consecutivos, retomado apenas em 2004, ano em que a ASPMA voltou a realizar as competições que caíram no gosto dos adeptos de futebol. 

 

REGULAMENTO

  1. A reserva pode ser feita a partir do dia primeiro de cada mês por telefone, sendo que o associado tem prazo de 5 (cinco) dias úteis para recolher todas as taxas pessoalmente na sede da ASPMA. O não cumprimento acarretará na perda do agendamento.
  2. A partir do dia 1º (primeiro) de Janeiro de 2018 o associado poderá optar pela data de sua preferência recolhendo uma taxa de R$ 80,00 (oitenta reais), mais a taxa de locação de R$ 400,00 (quatrocentos reais) sendo que em caso de desistência não terá direito a devolução das taxas recolhidas.
  3. Fica proibido a instalação de cama elástica e piscina de bolinha dentro dos salões bem como por gelo dentro do freezer, o uso de papel crepom e grampo nas mesas, pregar ou colar objetos nas paredes sob pena de multa.
  4. Observar as voltagens das tomadas e nunca ligar mais de um aparelho na mesma extensão evitando assim sobrecarga na rede elétrica e queima dos aparelhos ligados.
  5. O associado receberá os seguintes materiais; dois panos, dois rodos, um balde, duas vassouras, duas lixeiras sacos de lixos,
  6. Informamos que por ser uma área de preservação existem vários animais e pássaros no entorno da chácara, por gentileza não maltratar nem assustar os animais.
  7. A Aspma não se responsabiliza por eventuais acidentes tais como: picadas de animais peçonhentos ou qualquer outro ataque de animais ocorridos em nossa sede, ou provenientes de atitudes dos seus convidados, podendo por isso responder regimental, estatutária e juridicamente, por qualquer ato que desabone o nome da entidade. Fica igualmente esclarecido que nas instalações da ASPMA é terminantemente proibido a prática de jogos de azar com fins de lucro e ou manifestações de cunho político ou religioso.
  8. O locatário deverá comunicar a desistência do evento agendado com 30 dias antes da data do evento e pagará multa do valor da locação, sendo devolvido somente o valor da taxa de limpeza.
  9. A partir de 01 de Setembro de 2014 todos os agendamentos serão feitos com antecedência máxima de 6 meses.
  10. A lanchonete não faz parte de locação do salão, pois é uma área de uso dos associados que utilizam a quadra de futebol e para encontro dos servidores.
  11. Os horários estipulados para utilização do espaço se faz necessários para adequação dos funcionários que prestam serviços na chácara com a CLT, evitando assim futuras reclamações trabalhistas.